08. CONHEÇA CAMPO MAGRO

Campo magro é um município bem novo. Em 2010 faz 15 anos de idade.
É muito perto de Curitiba, são apenas 19 quilômetros da Sede Municipal até o centro desta cidade.


Os acessos principais são o Contorno Norte (ligação entre as regiões sul e sudeste do Brasil) e a  PR-090, Estrada do Cerne, que é a continuação da Avenida Manoel Ribas (principal avenida do bairro Santa Felicidade em Curitiba).

Praticamente todo o seu território possui um relevo bastante acidentado e está inserido em áreas de mananciais hídricos - Aquifero Karst, Bacia do Passaúna e Bacia do Rio Verde.  Além disso, 19% é Área de Proteção Ambiental - APA Estadual do Passaúna, visando à preservação de sua mata nativa e, consequentemente, de seus rios.

APA Estadual do Passaúna

Estes rios são uma das suas principais riquezas naturais. O Rio Verde, o Rio Capivara, o Rio Conceição, o Rio Açungui, o Rio Ouro Fino, e o Rio Passaúna, que é sua divisa natural com Curitiba.


Rio Conceição

http://wikimapia.org/#lat=-25.1782722&lon=-49.5547235&z=15&l=9&m=b&search=Rio%20Capivara

http://wikimapia.org/#lat=-25.527804&lon=-49.528771&z=14&l=9&m=b&search=Rio%20verde

http://wikimapia.org/#lat=-25.5860431&lon=-49.4375217&z=16&l=9&m=b&search=Rio%20Passa%C3%BAna


HISTÓRIA


Origem do município - Desmembramento Almirante Tamandaré e Itaperuçu
Data de instalação do município 01/01/1997
Data de comemoração do município 11 de Dezembro

A história do município de Campo Magro remonta ao período histórico das explorações auríferas no sertão de Curitiba. A primeira povoação no território que constitui o atual município de Campo Magro foi iniciada há mais de três séculos.

Com o fim do período da exploração do ouro, que pouco ou quase nada representou, veio o do tropeirismo. Este sim marcou a história da localidade, inclusive no nome. A denominação Campo Magro se deve ao fato de que na ocasião em que os tropeiros demandavam pela região, na época do inverno, o gado emagrecia e sobrava pouco pasto verde para as reses. Mais parecia um campo minguado, um campo magro. E assim foi que a localidade ficou conhecida ao longo dos séculos, Campo Magro.

Segundo o pesquisador José Carlos Veiga Lopes, "na lista de ordenanças da vila de Curitiba", referente ao ano de 1791, aparece o bairro de Campo Magro com 8 casas. Pela lei nº 970, de 9 de abril de 1910, foi criado o distrito de Campo Magro, no município de Tamandaré, com a denominação de Nossa Senhora da Conceição, mudada pela lei de 4 de abril de 1924.

A história da gente de Campo Magro está invariavelmente ligada à de Almirante Tamandaré, acompanhando a vida política deste município em seus altos e baixos, mesmo quando, em 14 de julho de 1932, o município de Tamandaré foi suprimido. Ou mesmo quando Tamandaré passou a chamar-se Timoneira. Um escracho político.

O distrito judiciário de Campo Magro foi criado pelo decreto-lei estadual 199, de 30 de dezembro de 1943, com território do distrito de Santa Felicidade e transferido para o município de Colombo. O município de Tamandaré foi extinto em 1938 e não em 1932.

O município de Campo Magro foi criado através da lei estadual n.º 11.221, de 11 de dezembro de 1995, na sede do antigo distrito de Campo Magro, com território desmembrado do município de Almirante Tamandaré. A instalação deu-se em 1º de janeiro de 1997.


DADOS GEOGRÁFICOS

Latitude 25 º 22 ' 07 '' S
Longitude 49 º 27 ' 05 '' W
Altitude (metros) 990,3
Área: 278,224 km²
Clima: subtropical
Fuso horário: UTC-3
Bioma Mata Atlântica
Gentílico Campomagrense
Distância até a Capital: 10 quilômetros
Municípios limítrofes: Curitiba, Campo Largo, Itaperuçu e Almirante Tamandaré


PERFIL DO MUNICÍPIO DE CAMPO MAGRO

Área político administrativa
Número de Eleitores (TSE 2008) - 15.017 pessoas
Prefeito (TRE 2010) - José Antonio Pase

Área social
População Contagem ((1) IBGE 2010) - 24.836 habitantes
Pessoas em Situação de Pobreza ((2) IBGE/IPARDES 2000) - 5.129
Famílias em Situação de Pobreza ((2) IBGE/IPARDES 2000) - 1.192
Número de Domicílios Total (IBGE 2010) - 8.500
Matrículas na Creche (SEED 2008) - 142 alunos
Matrículas na Pré-escola (SEED 2008) - 409 alunos
Matrículas no Ensino Fundamental (SEED 2008) - 4.610 alunos
Matrículas no Ensino Médio (SEED 2008) - 937 alunos

Economia
População Economicamente Ativa (IBGE 2000) - 9.981 pessoas
População Ocupada (IBGE 2000) - 8.810 pessoas
Número de Estabelecimentos (RAIS MTE 2008) - 262
Número de Empregos (RAIS MTE 2008) - 2.871
Produção de Milho (IBGE 2008) - 29.256 toneladas
Produção de Feijão (IBGE 2008) - 4.221 toneladas
Produção de Batata-Inglesa (IBGE 2008) - 5.397 toneladas
Bovinos (IBGE 2008) - 3.580 cabeças
Equinos (IBGE 2008) - 1.438 cabeças
Galináceos (IBGE 2008) - 259.700 cabeças
Ovinos (IBGE 2008) - 280 cabeças
Suínos (IBGE 2008) - 5.877 cabeças

Valor Adicionado Fiscal (VAF) - Total (SEFA 2008) - 66.399.135 (R$ 1,00 (P))
VAF - Produção Primária (SEFA 2008) - 2.595.345 (R$ 1,00 (P))
VAF - Indústria (SEFA 2008) - 34.574.992 (R$ 1,00 (P))
VAF - Indústria - Simples Nacional (SEFA 2008) - 7.702.397 (R$ 1,00 (P))
VAF - Comércio/Serviços (SEFA 2008) - 14.869.294 (R$ 1,00 (P))
VAF - Comércio - Simples Nacional (SEFA 2008) - 6.523.494 (R$ 1,00 (P))
VAF - Recursos/Autos (SEFA 2008) - 133.613 (R$ 1,00 (P))
Receitas Municipais (Prefeitura 2008) - 24.562.944,46 (R$ 1,00)
Despesas Municipais (Prefeitura 2008) - 30.536.859,27 (R$ 1,00)
ICMS por Muncípio de Origem do Contribuinte (SEFA 2009) - 2.023.261,49 (R$ 1,00)

Infra-estrutura
Abastecimento de Água (SANEPAR 2009) - 4.087 (unid. atend. (3))
Atendimento de Esgoto (SANEPAR 2009) - 568 (unid. atend. (3))
Consumo de Energia Elétrica Total (COPEL 2009) - 23.855 mwh
Consumidores de Energia Elétrica Total (COPEL 2009) - 7.027

Indicadores
Densidade Demográfica (IPARDES 2009) - 84,85 hab/km2
Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M PNUD/IPEA/FJP 2000) - 0,740
Índice Ipardes de Desempenho Municipal (IPDM IPARDES 2007) - 0,5658
PIB Per Capita (IBGE/IPARDES 2007) - 6.201 (R$ 1,00)
Índice de Gini (IBGE 2000) - 0,500
Grau de Urbanização (IBGE 2000) - 12,25 %
Taxa de Crescimento Geométrico (IBGE 2000) - 5,99 %
Coeficiente de Mortalidade Infantil (SESA 2008) - 12,22 mil NV (P)
Taxa de Pobreza ((2) IBGE/IPARDES 2000) - 21,46 %
Taxa de Analfabetismo de 15 anos ou mais (IBGE 2000) - 9,7 %
Valor Bruto Nominal da Produção Agropecuária (DERAL 2008) - 41.619.969,08 (R$ 1,00)

(1) Resultados da população residente em 1º de abril de 2007, encaminhados ao Tribunal de Contas da União em 14 de novembro de 2007. Para os municípios com mais de 170.000 habitantes (Cascavel, Colombo, Curitiba, Foz do Iguaçú, Londrina, Maringá, Ponta Grossa e São José dos Pinhais) não houve contagem da população e nesses casos foi considerada a estimativa na mesma data.
(2) Pessoas em situação de pobreza é a população calculada em função da renda familiar per capita de até 1/2 salário mínimo. Os dados referentes a Situação de Pobreza são provenientes dos microdados do Censo Demográfico (IBGE) e das Tabulações especiais feitas pelo Ipardes.
(3) Unidades (economias) atendidas é todo imóvel (casa, apartamento, loja, prédio, etc.) ou subdivisão independente do imóvel para efeito de cadastramento e cobrança de tarifa (Adaptado do IBGE, CIDE, SANEPAR).



CIRCUITO DE TURISMO RURAL "VERDE QUE TE QUERO VERDE"

O município de Campo Magro possui mais de 90 % de seu território formado por área de mananciais e, abriga parte de duas unidades de conservação, a APA ESTADUAL do PASSAÚNA e a UTP do RIO VERDE, o que determina um dos seus principais compromissos: a preservação e respeito pelo meio ambiente.

Com uma paisagem caracterizada por rios, cascatas e trilhas ecológicas, tem no turismo rural, de aventura e ecoturismo, sua principal alternativa de desenvolvimento econômico.

Buscando congregar em um único roteiro os principais pontos turísticos da região, a prefeitura do município, criou o Circuito de Turismo Rural "Verde que te Quero Verde".


O circuito completo tem uma extensão de 42 km, começando e terminando na Cabana Di Bella (03 km da Estrada do Cerne)- (41) 3677-6543. A Estrada do Cerne é a continuação da Avenida Manoel Ribas, principal acesso ao bairro de Santa Felicidade, em Curitiba.

Seguem pela ordem:

Atelier Alfi Vivern
Localizada no jardim Água Boa, sua atividade essencial está nas esculturas em pedra, telefone (41) 36778586.

Horse Place
Centro de Equitação e Equoterapia


Treinamento e venda de cavalos, aluguel de cocheiras e trilhas ecológicas. Localizado no jardim O Bom Pastor, o telefone para contato é (41) 3272-2391 / 3235-3765.

Café Colonial Vovó Bruna
Localizado próximo ao jardim O Bom Pastor, na colônia Rodrigues, o estabelecimento serve aos seus visitantes café colonial e jantar, preparado pela Vovó Bruna e sua família com diversas opções de doces e salgados.
Atende a partir dás 16h00min, aos sábados, domingos e feriados. É preciso fazer reservas com três dias de antecedência pelo telefone (41) 3677-5558 / 9184-9993.

Sítio Pedra Sobre Pedra
Próximo ao Café Colonial Vovó Bruna, o sítio dispõe de piscinas naturais, churrasqueiras e salão de festas, contatos pelo telefone (41) 9622-4637.

Cabaña Romanus
Hotel para cavalos, onde se praticam o ferrageamento e doma de animais. Possui uma cancha para provas e um galpão com comida típica campeira. O telefone para contato é (41) 9996-8454.

Aeroclube Campo Magro e Escola de Vôo Bella Vista
Telefone para contato (41) 3677-1151

Estância Aquática e Pesque Pague do Rei


Centro de lazer que oferece além da prática da pesca com peixes como as carpas, tambacú, piau, pacu, cat-fish, tilápia entre outros peixes, muitas opções de lazer como campo de futebol, piscinas, playground, pedalinhos e também opções gastronômicas com lanchonetes e churrasqueiras.
Informações e reservas podem ser feitas pelo telefone (41) 3677-1102

Vale das Águas
Um local magnífico onde se pratica a educação ambiental, com muitas opções de lazer e espaço para camping.
Reservas pelo telefone (41) 3677-2105/3677-2165.

O Casarão Restaurante e Café Colonial
Deliciosa comida típica regional servida com sabor e fartura, em uma casa construída há aproximadamente duzentos anos para o aventureiro português Gaspar Correia, que desbravou a região atrás de riquezas como o ouro e a madeira. Seus porões, que serviram de abrigo para os escravos, hoje funcionam como adega onde podem ser encontrados, além de vinhos, deliciosos queijos e salames.
Ponto de encontro de motoqueiros, jipeiros, amantes do vôo livre, ciclistas, cavaleiros, adeptos das caminhadas em trilhas ecológicas, espeleológos e turistas.
O atendimento é feito aos sábados, domingos e feriados, e de terça a sexta-feira com reserva antecipada pelo telefone (41) 3272-6426/9973-5304.

Recanto Nativo


Pousada com muitas opções de lazer, trilhas ecológicas, mata nativa, cancha para bocha, canha de futebol, agricultura orgânica e gastronomia natural.
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 3645-1119/9962-0461 ou pelo site:
http://www.recantonativo.com.br./

Dona Ana Bistrô

O Dona Ana Bistrô vem resgatar mais de 50 anos de tradição gastronômica da família Tulio. Um lugar que combina toda a tranquilidade da natureza com deliciosos risotos, carnes, saladas e sobremesas. Todos feitos com produtos naturais - muitos colhidos na própria horta - e com o toque da Dona Ana. E você ainda poderá curtir o verde deitado nas redes do redário, conhecer os animais de fazenda, além de se divertir no campo de minigolfe ou na cancha de bocha.

Restaurante Rancho Talamini

O Restaurante Rancho Talamini oferece uma estrutura especialmente marcante, no aconchego da natureza, aliado ao bom paladar: carneiro ensopado ao leite de côco, carne na mostarda, carneiro assado com hortelã, carne seca na moranga, arroz com camarão, risoto de palmito, pimentão recheado, batata suiça e outras opções.

Demais Pontos Turísticos
Entre tantas opções, o turista ainda poderá visitar outros pontos como a Lagoa Feia, as Cachoeira Gêmeas, a Igreja Matriz, o tradicional Bar do Paulo, o Forno Velho, o Ideama – núcleo de educação ambiental, o Morro da Palha, a Pousada Meia Lua - com cabana para cavalos, a Trilha do Ouro, o Armazém do Artesanato, a Estância Santo Moraes, o Sítio Arcádia, o Observatório Astronômico do Paraná, o CTG Estância 8 de Dezembro, a Cabaña Novo Refúgio, o Lumiar peixes ornamentais, o Restaurante e Lanchonete Ribas, a Chácara Águas Limpas - com comercialização de produtos orgânicos, e o Sítio Danrat onde é praticado o colhe e pague, também de produtos orgânicos.

Trilha do Ouro
Trilha, formada pelo Rio Conceição, que apresenta diversos vestígios da história do ouro em Campo Magro como, por exemplo, o muro de pedras que divide o curso do rio.
Conceição dos Túlios, zona rural de Campo Magro.

Morro da Palha

Com 1190 metros é o morro mais alto da região da Conceição dos Correas o que proporciona uma visão panorâmica do município e da região. Muito utilizado para saltos de “paraglider” (vôo livre) é uma atração especial e colorida para os dias de sol.
Rua João Jacob Manfron, Estrada da Conceição.


Cachoeiras Gêmeas
Duas quedas de águas cristalinas, localizadas lado a lado, com acesso por trilha na mata.
Bairro Macaco, região mais conhecida como Pedreira da Cal Bateias.

Capela Nossa Senhora do Carmo
Capela que abriga em seu interior uma imagem barroca de Nossa Senhora da Luz, vinda de Portugal.
Conceição dos Correas, em frente ao Morro da Palha.

Casa do Agricultor e Sala da Memória
Complexo formado por uma Unidade de Transformação – onde os agricultores do município, e de alguns municípios vizinhos, podem beneficiar seus produtos agrícolas – e a Casa do Agricultor, que se destina a venda de produtos locais – alimentícios e artesanatos.
Rua João Jacob Manfron, Estrada da Conceição.

Igreja Matriz
Construida, no alto de um morro, no início do Século XX, preserva suas características originais, como por exemplo, belíssimos afrescos no teto.
Rua Lia Garbáceo - Sede - Telefone (41) 3677-1124.

Lagoa Feia
Lagoa que, segundo lenda, teria se formado no local onde em uma noite de Sexta feira Santa, os moradores da região de Santo Antonio, contra a vontade da igreja, realizavam uma festa. De repente, a meia noite, a capela teria afundado com todos os participantes em seu interior. Nenhum deles nunca mais teria sido visto.
Na verdade trata-se de uma lagoa verde, originada com o afundamento do solo por tratar-se de uma área sobre o aquífero Karst.
Bairro Lagoa Feia, próximo à comunidade de Campo Novo.

Forno Velho

Forno desativado que se destinava a produção rudimentar cal.
Rua João Jacob Manfron - Várzea

Observatório Astronômico do Paraná
Visitação de grupos agendada através do telefone (41) 3304-68912, com o Prof. Luiz.
Rua Antonio Manosso - Juruqui

Arte e Artesanato
Esculturas feitas em pedra, pelo artista Alfi Vivern.
Esculturas e peças feitas com equipamentos eletrônicos e lixo reciclável, pelo artista Altamiro.
Entalhe de madeira e móveis rústicos feitos pelos artistas Marcos e Sebastião Crepaldi e, Zita de Pontes Crepaldi (Fafá).
Paisagismo e composições naturais feitos por Maria Luiza.
Móveis e utensílios de vime, junco e ratan.

http://www.diaadia.pr.gov.br/hinos/arquivos/File/ipardes/campomagro.pdf

http://www.pmcm.com.br/turismorural.html

3 comentários: